Pular para o conteúdo
Início » 9 Causas e Consequências do Desmatamento

9 Causas e Consequências do Desmatamento

d00d0d20cf08dd73cce47abc58a86006.jpg

9 Causas e Consequências do Desmatamento – Ciência

Contente:

São muitas as causas e consequências do desmatamento. Eles destacam a expansão das atividades agrícolas e florestais, por exemplo, resultando na perda de milhões de hectares de florestas.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 7,3 milhões de hectares de florestas desaparecem a cada ano. Esta é a extensão do território do Panamá.

Com o desmatamento, muitas dessas espécies perdem seu habitat natural, o que pode causar sua extinção.

A perda de biodiversidade não é a única consequência desse problema. O desmatamento também afeta a composição dos solos, promove o aquecimento global por meio da alteração do ciclo do carbono, gera mudanças climáticas, entre outros problemas.

As 5 principais causas do desmatamento

De acordo com a ONU, cerca de metade das florestas tropicais do mundo foram destruídas. As principais causas do desmatamento são de natureza humana.

O World Wide Fund for Nature (WWF) indica que a cada minuto uma área de floresta equivalente a 36 campos de futebol é perdida.

1- Expansão das atividades agrícolas

Os países que praticam a agricultura extensiva precisam de grandes territórios que permitam o desenvolvimento de grandes quantidades de lavouras.

Somado a isso, o aumento da demanda por certos produtos agrícolas tem levado muitos produtores em grande escala a desmatar florestas para ter mais terras disponíveis.

Cortar e queimar é praticado em alguns países. Esse processo consiste em cortar as árvores e queimá-las para fertilizar o terreno com as cinzas obtidas.

Com o tempo, o solo perde nutrientes e os agricultores mudam-se para outro campo.

2- Atividades pecuárias

Como a agricultura, a pecuária requer uma vasta extensão de território no qual os animais podem ser criados.

Assim, o desmatamento é considerado a melhor alternativa para garantir esse espaço físico.

O Brasil é um exemplo disso. Desde 1990, este país perdeu extensões impressionantes de terras florestadas, comparáveis ​​ao tamanho do estado do Texas, nos Estados Unidos.

3- Atividades silviculturais

As atividades silviculturais são aquelas relacionadas à obtenção de madeira e celulose das florestas e ao tratamento desses materiais para a criação de outros produtos como móveis, papel, folhas de madeira para construção, entre outros.

Essas atividades envolvem o desmatamento de territórios florestados. Muitas empresas são responsáveis ​​por plantar uma árvore para cada planta que estão cortando.

No entanto, os solos desmatados nunca mais serão os mesmos: perderão nutrientes e estarão sujeitos à erosão.

4- Expansão de infraestruturas

O crescimento populacional torna necessária a expansão dos centros urbanos para acomodar todos os habitantes de um território.

Essa atividade é uma das causas do desmatamento, já que muitas empresas derrubam florestas para construir novas infraestruturas.

5- Indústria de alimentos

Em alguns casos, ocorre o desmatamento para obtenção de itens para a indústria de alimentos.

É o caso das palmeiras, que são cortadas para a produção de óleos comestíveis.

As 4 principais consequências do desmatamento

As florestas são ecossistemas nos quais vários fatores bióticos (vivos) e abióticos (sem vida) intervêm.

Quando essas regiões são degradadas devido ao desmatamento, as consequências podem ser devastadoras.

1- Perda de biodiversidade

De acordo com a revista National Geographic, 70% das espécies animais e vegetais vivem nas florestas.

Por isso, a perda dessas áreas se traduz na perda de habitats para milhares de espécies.

Alguns animais e plantas são incapazes de se adaptar a condições diferentes das do habitat a que pertencem, razão pela qual morrem. Em alguns casos, a espécie pode se extinguir.

Outras espécies integram-se com dificuldade em habitats que não são os seus, visto que devem enfrentar outros animais e plantas muito mais bem adaptados.

A competição por território e alimentos também pode levar à perda de biodiversidade.

2- mudanças climáticas

As plantas ajudam a regular o nível de dióxido de carbono no meio ambiente, absorvendo-o para realizar a fotossíntese. Ao desmatar o ciclo desse gás é alterado, fazendo com que ele se acumule na atmosfera.

O dióxido de carbono é um gás de efeito estufa, cujo excesso forma uma barreira na Terra que impede o calor de escapar para o espaço sideral.

Como consequência, a temperatura do ambiente aumenta e ocorrem mudanças climáticas: diminuição das chuvas, aumento das secas, entre outros.

3- Mudanças nos solos

A presença de árvores torna os solos ricos em nutrientes. As folhas caídas vão para o solo, onde se decompõem e fornecem matéria orgânica.

Além disso, as árvores absorvem grande parte da água das chuvas, o que faz com que os solos não saturem excessivamente.

A perda de florestas significa perda de nutrientes para os solos. Além disso, terras desmatadas estão sujeitas a constantes inundações.

Por outro lado, as árvores fornecem estabilidade física aos solos, o que evita que o substrato seja carregado pelo vento, pelas correntes de água e outros elementos da natureza. A ausência de florestas torna os solos sujeitos à erosão.

4- Diminuição do nível de vapor d’água

As árvores estão envolvidas na troca de vapor d’água entre a superfície terrestre e a atmosfera.

O desmatamento tem contribuído para a diminuição desse vapor em 4%, o que pode afetar os padrões climáticos do planeta Terra.

Referências

  1. 5 grandes causas de desmatamento e como evitá-lo. Recuperado em 25 de outubro de 2017, em onegreenplanet.org Consequences of desforestation. Obtido em 25 de outubro de 2017, em rainforests.mongabay.com
  2. Causas do desmatamento. Obtido em 25 de outubro de 2017, em wwf.panda.org
  3. Desmatamento: definição, causas e consequências. Obtido em 25 de outubro de 2017, em study.com
  4. Desmatamento: fatos, causas e efeitos. Obtido em 25 de outubro de 2017, em livescience.com
  5. Fatos, informações e efeitos do desmatamento. Obtido em 25 de outubro de 2017, em nationalgeographic.com
  6. Efeitos do desmatamento. Obtido em 25 de outubro de 2017, em pachamama.org
  7. Quatro consequências do desmatamento. Obtido em 25 de outubro de 2017, em sciencing.com
  8. Quais são as causas e consequências do desmatamento? Obtido em 25 de outubro de 2017, em brighthub.com

Fonte: